MULTI MULHERES

As vezes pode parecer banal a gente lembrar disso, que NÃO PRECISAMOS dar conta de tudo e todos, mas este é um exercício bem importante, a fim de que com o tempo não ativamos simplesmente nosso botão do automático e passamos a resolver tudo, limpar, arrumar, pensar, cozinhar, desenvolver carreira, cuidar de filho de forma automatizada e reprodutiva apenas.

Precisamos estar nas atividades que formos desenvolver, literalmente de corpo e alma, então cabe algumas dicas de como fazer isso:

- Faça planejamento de sua semana, nele reserve horários para tudo que achar necessário nesta semana, mas não esqueça das prioridades;

- Use e abuse de estratégias que lhe auxiliem em sua organização e agilidade, como agenda, murais, lembretes. Ao contrário do que escuto de muitas, anotar não significa estar “perdendo a memória”, mas poupando sua memória de uma sobrecarga;

- Nunca encare uma atividade não realizada como um fracasso, só deixe ela como sua prioridade para o dia seguinte, assim a sua auto cobrança será menor e se sentirá satisfeita consigo se simplesmente não colocar a procrastinação em sua rotina;

- Não se prenda a padrões rígidos de comportamento, precisamos de alguns norteadores, mas mais do que isso, precisamos nos sentir à vontade;

- Se ame muito, cuide de você antes de qualquer outra atividade, antes de cuidar de qualquer outro alguém. Reserve um tempinho para um soninho, fazer a unha, cuidar do seu cabelo, fazer uma caminhada. Eleja suas prioridades e seja feliz. Com suas prioridades em dia, ter um grande negócio será mais fácil, bem como estar com os filhos ou aquela noite maravilhosa regada a vinho e espumantes com o par será ainda mais possível.

Mulher super-heroína é coisa de quadrinhos de ficção, nós somos reais e boas o suficientes, só precisamos ACEITAR isso. Trabalhar nossa aceitação conosco mesma é essencial, vamos ter acertos e erros, momentos de princesa e outros de gata borralheira; salto ou chinelo. Se estivermos INTEIRAS, tudo se realizará dentro do tempo necessário e da melhor forma possível. Agora, se por acaso sua rotina está muito difícil, as dicas acima parecem muito difíceis de serem visualizadas e realizadas, talvez seja pertinente buscar ajuda. Lembre-se um profissional psicólogo é alguém treinado e capacitado a lhe ouvir e de forma muito particular lhe orientar.

Patrícia Heberle – Psicóloga CRP 07/13906